Retratados (Portuguese Edition) por Kirsten McKenzie

January 24, 2020

Retratados (Portuguese Edition) por Kirsten McKenzie
Titulo del libro : Retratados (Portuguese Edition)
Fecha de lanzamiento : September 17, 2018
Autor : Kirsten McKenzie
Número de páginas : 309
Editor : Squabbling Sparrows Press

Obtenga el libro de Retratados (Portuguese Edition) de Kirsten McKenzie en formato PDF o EPUB. Puedes leer cualquier libro en línea o guardarlo en tus dispositivos. Cualquier libro está disponible para descargar sin necesidad de gastar dinero.

Kirsten McKenzie con Retratados (Portuguese Edition)

Ele observava de perto o retrato inacabado no cavalete. Era um esboço mal definido do rosto de uma mulher, os olhos ainda vazios. Apenas o contorno em forma de amêndoa e as sobrancelhas estavam feitas, esperando que o artista capturasse a parte mais difícil de qualquer mulher. Ele refletiu sobre a direção que deveria tomar. Dormindo ou desperta. A tranquilidade do sono ou o terror que ele viu envolvendo o rosto dela. Este era o ponto sem retorno, ele sempre poderia pintar por cima caso seu ponto de vista mudasse, mas queria gravar a essência dela, se ele pudesse definir o que era. Ele precisava de mais tempo.


Sua sombra o observava preparar seus pincéis, seus pequenos pés enrolados debaixo dela enquanto se empoleirava no assento da janela, a tempestade uivante emoldurando seu rosto jovem.


Seu pincel pêlo de marta dançava sobre a tela, criando bochechas coradas de juventude, lábios abertos. Fios de cabelo apareciam como mágica, soprados por um vento invisível. Fio após fio apareceu na tela esticada, seu pincel misturando uma sugestão de castanho avermelhado no cabelo enquanto atingia a sobrancelha.


Escolhendo um pincel mais fino, ele mergulhou-o em uma tonalidade mais escura — um cinza indescritível e trabalhou no pescoço antes de definir os ombros. Com um pano úmido, ele manchou o óleo — dando a ilusão de que a pessoa foi flagrada no meio do movimento ao lançar um olhar para trás. A pintura manchada era etérea no crepúsculo da sala.


A garotinha estendeu a mão e girou um de seus dedos pelo conteúdo na paleta. Com o dedo, ela manchou a pintura na tela, as cores em um contraste gritante aos tons cinza dos traços ágeis do artista.


Juntos, eles admiraram seus esforços.


"Não demorou muito, duas noites", ele disse, acariciando os cabelos dela. Soltos de sua fita branca, eles espalharam-se por seus ombros como as samambaias no corredor, vibrantes e vivas. Seu próprio sorriso sumindo enquanto